Brogue baratinho

Hoje venho postar uma alternativa para as amadas sapatilhas: BROGUES.

Brogue

Pesquisando um pouquinho antes de fazer este post, fiquei surpresa com a origem do sapato. A palavra Brogue é derivado de blòg que vem do Gaélico (Irlanda) e blóg do Escocês e significa SAPATO.

Esses sapatos de solado baixo, são caracterizados pela fabricação com vários pedaços de couro e as perfurações decorativas que envolvem toda a parte superior e lateral do sapato. Mas essas perfurações não são tão decorativas assim! Lá no comecinho, quando o sapato foi criado na Irlanda e na Escócia, e para quem não sabe, chove muito nestes países, as perfurações do sapato foram feitas para deixar a água escorrer caso você pegasse um mau tempo (90% do ano ha). Interessante não?? Há tanto tempo namoro esses sapatos nas lojas e nunca imaginaria tamanha função para os furinhos hoje meramente decorativos!

No passado, mais conhecido como um sapato masculino, típico das regiões interioranas, hoje faz parte de looks de homens e mulheres, vistos em escritórios e em momentos de lazer, e há muitas temporadas de moda, não sai das vitrines pelo mundo afora.

Há alguns anos atrás, comprei um com salto médio e adoro para usar com meia-calça e vestidos, mas sempre quis um mais tradicional e baixo. Ainda não tive coragem de investir, pois são modelos não tão baratos e com um estilo um pouco diferente. Para experimentar, comprei um baratinho e mais delicado do que o tradicional, na Penneys (e já adianto que adorei) para o Outono que está dando as caras, o desejo do momento é um brogue preto tradicional e uma bota de cano baixo (ankle boot).

Acho bem legal usar ele em contraste com roupas mais delicadas ou investir no look andrógeno total. Hoje usei o meio termo e o brogue veio em um look que facilmente usaria com uma sapatilha mais feminina.

Como estava com calça preta e camiseta cinza de caveira, resolvi quebrar um pouco da pegada rock com um casquinho a la Chanel e bolsa amarela, também para quebrar o look monocromático!

Claro que todas as peças são da ZARA (blá) e o sapato da Penneys!

Brogues

Brogues

_D309274 done

Cintia Tanno

Cintia Tanno blog

Zara

Blog Entre 3 Mundos Cintia Tanno

_D309170 done

Fotos – Piotr Kadziolka

Phoenix Park – Dublin

Anúncios

Projeto Japa Magra

Os amigos que me conhecem bem aqui em Dublin sabem da minha luta sem fim contra a balança. Há quem diga que eu não preciso perder peso, mas não é bem assim!

Sabe a falsa magra?? Sim…sou eu!! Sempre fui magrela a vida inteira, mas desde que pisei na terra dos duendes, algo mágico chamado “Fast Food” tomou conta da minha vida!

Por mais que você tente ser saudável, a correria do dia a dia, os horários loucos de trabalho, o frio, a solidão, a saudade, tudo ajuda você ficar fora de uma rotina normal e de uma dieta saudável.

Já perdi a conta de quantas vezes entrei de dieta por aqui, mas sempre por um motivo específico, perdia meus quilinhos, e depois da meta atingida, voltava a comer porcarias tudo de novo. Geralmente o maior motivo para perder peso são as viagens de verão pela Europa, onde provavelmente vou usar biquines, mas dessa vez o negócio chegou no meu limite!

Tentar usar aquele vestido que sempre serviu e o zíper não fechar é tenso, o Jeans não passar da batata da perna, mais tenso ainda…Então decidi tomar conta da saúde, comer melhor, fazer exercícios e consequentemente perder os quilos extras!

Minha meta é chegar aos 55 Kgs novamente, meu peso atual é 64 Kgs…então a caminhada vai ser longa!

Para me incentivar, vou fazer do blog um pequeno diário da minha dieta, para ir postando metas atingidas, receitas lights e fotos do Projeto Japa Magra!

Já faz uma semana que estou na luta! Cortei chocolates (triste!!) e todos os outros tipos de açúcar. Carboidrato só uma vez por dia no almoço e uma overdose de vegetais, chá branco, cereais, linhaça e caminhada, muita caminhada! Pequenas refeições a cada 3 horas e tentando controlar a ansiedade para não atacar as guloseimas do lugar onde eu trabalho!

Uma foto da Kate Moss já está pendurada na minha geladeira, e todas as vezes que eu olhar para as pernas dela vou perder a vontade de comer queijo! 🙂

Também estou sem dinheiro para entrar na academia, então o negócio vai ser disciplina e ir correr todos os dias no Phoenix Park, já que moro bem próximo! Mas muita disciplina mesmo, pois o inverno está chegando, e a tendência é piorar!!

Então esse é o Projeto Japa Magra!! Boa sorte para todos nós que estamos buscando uma vida mais saudável e magra!!