Look da Japa – La Tour Eiffel

Não tem como pensar em Paris e no mesmo momento, não lembrar da torre mais bonita do mundo! Para inaugurar a série de posts sobre Paris e o primeiro Look da Japa do ano, toda a magia de uma das vistas mais incríveis da cidade luz!

Apesar de não gostar de viajar muito no inverno, esta foi uma viagem especial para comemorar meu aniversário e levar o amor para Paris pela primeira vez. Esta foi a minha terceira viagem para a cidade e posso dizer que é sempre como a primeira vez, ou até mesmo melhor! Sem perrengues, com mais experiência na cidade, aproveitei muito melhor, comi em lugares incríveis, me hospedei em um apartamento no Marais super confortável e aconchegante e tivemos tempo suficiente para conhecer vários museus e ainda admirar a cidade que é linda por si só! Vou postar todas as dicas durante esta semana aqui no Entre 3 Mundos!

Voltando ao look…Estávamos esperando um frio de -9 graus na cidade, mas São Pedro foi generoso, e nos presenteou com um clima muito mais ameno e agradável para passear, facilitando assim na hora de se vestir também. Apesar da neblina, conseguimos fotografar um dos meus looks favoritos no Trocadero, e a torre estava lá, lindíssima, mesmo com o topo escondido pelo nevoeiro!

Escolhi a saia midi que é uma ótima opção para dar uma diferenciada nas roupas de inverno. Depois que me mudei para a Europa, as calças jeans foram devagar ficando no armário e as meias- calças, leggings e saias foram tomando conta das produções para os dias mais gelados. Acho o jeans muito frio para as temperaturas daqui, então prefiro meias, botas, todos os tipos de saias, vestido e shorts para o inverno!

Ao contrário do que dizem por aí, a saia midi pode ser usada por todas as mulheres, só precisamos saber como respeitar as proporções do corpo e não achatar a silhueta.

No inverno os tons sóbrios são bem vindos e facilitam na hora da produção, pois combinam muito bem com a meia calça preta e para alongar ainda mais a silhueta, combinar com um sapato também preto, dando a impressão de perna mais longa. No verão, quando não precisamos das meias, usar um sapato nude também vai dar a mesma impressão de pernas mais longas. A idéia é não criar linhas que “cortem” o corpo. Por exemplo, uma saia cinza, com a meia preta e um sapato vermelho achataria muito mais a silhueta do que usando um sapato preto que cria a ilusão de “continuação” da perna. O salto também é um grande aliado da saia midi, principalmente para as mais baixinhas.

Outra dica é sempre escolher modelos de cintura mais alta e deixar sempre a mostra o começo da saia, também criando a ilusão de pernas mais longas. O segredo é esconder onde termina a nossa cintura e onde começam as pernas. Para quem tem o quadril mais largo, as saias com modelagem em ” A” ajudam a equilibrar a silhueta e são as minhas favoritas, até para as magrinhas!

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi Skirt

Saia Midi Midi SkirtSaia /Skirt – Zara, Camiseta/T-shirt – Forever 21, Bota/Boots – Zara, Cachecol/Scarf – Penneys, Bolsa/Bag – Zara, Luvas/Gloves – Jaeger, Gorro/Hat – Penneys, Casaco/Coat – Zara

Photos by Piotr Kadziolka

Anúncios

Look da Japa – Floral e jaqueta de couro

E vamos continuar com as inspirações para o Outono ou Primavera (para quem está no Brasil). Até que enfim acho que chegamos naquela época do ano onde a temperatura é similar entre Europa e Brasil…Assim…os posts servem para todas nós!

Hoje não vou falar de tendências ou o que está super na moda no mundo fashion, mas sim, das peças básicas que amamos e que são atemporais. Com o tímido calor que ainda permanece em Dublin, ainda dá para encarar as saias que tenho no armário e combiná-las com algo mais quentinho na parte de cima. Eu particularmente amo temperaturas mais amenas, onde é possível vestir mais camadas de roupas e deixar o look mais original! Quando ainda não está muito frio, saia, camiseta e jaqueta fazem o grupo perfeito! Se esfriar um pouquinho, só adicionar a meia-calça, cachecol e a saia pode ser a estrela o ano todo!

Quem não tem uma saia florida, um salto legal, camisetas básicas e uma jaqueta jeans no armário? Pronto, só misturar tudo (com cautela) e um look para o dia ou para a noite está pronto! Como estamos falando de inspiração, se trocasse o saltão por uma sapatilha, estaria pronta para bater perna durante o dia. A não ser que você seja uma Carrie Bradshaw (Sex and the City feelings…)e consiga sair por ai saltitante num salto 10, tudo bem, te invejo amiga!

Uma inversão neste look também seria muito interessante. Usar algo monocromático na parte de baixo e apostar num blazer ou jaqueta estampados seria uma outra opção!

As possibilidades são imensas quando falamos das saias, além de nada mais feminino, elas nos deixam com aquele ar arrumadinho sempre!

Todas as peças que usei hoje são da…adivinha??!!    ZARA (ha -ha), com exceção da camiseta, que é da Penneys! A jaqueta de couro é um coringa do nosso guarda roupa, assim como as jaquetas jeans! Se ainda não deu para investir em uma de couro verdadeiro, não é difícil encontrar por aí jaquetas de couro ecológico, muito bem feitas, ou usar uma jaqueta jeans mais escura, para deixar o look menos casual.

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 2

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 5

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 3

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 6

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 7

Entre 3 Mundos por Cintia Tanno 4Fotos – Piotr Kadziolka

Irish Museum of Modern Art –  Royal Hospital, Military Rd, Kilmainham, Dublin 8

Look da Japa – Jumper com pérolas

Cintia Tanno

Desde que assisti pela primeira vez o clipe Velha e Louca (assista aqui) da Malu Magalhães (ficou linda essa menina eim!) e vi o cardigan que ela usa bem no comecinho com pérolas e hamsá fiquei louca! Achei super feminino e delicado! Nunca encontrei um igual para mim, mas quando me deparei com esse jumper azul, com um preço super digno e 20% de lã na composição, não pensei duas vezes e coloquei na sacola! Gente, paguei 5 Euros nele na Penneys, coleção do ano passado!

Às vezes não precisa de muito para montar um look casual, mas sem deixar de ser arrumadinho, para enfrentar as primeiras ondas de frio que vêm com o Outono! Truques como esse podem ser usados o ano inteiro em Dublin, já que o clima não é tão estável em nenhuma estação! Já no Brasil, onde o inverno não é tão rigoroso em algumas cidades, da para arriscar um look com jumper mais quentinho e se jogar nos scarpins, para dar aquele toque a mais na produção.

Com o jumper em tom  pastel e bordado com pérolas, resolvi quebrar um pouco de toda essa delicadeza e usá-lo com um jeans estilo boyfriend detonado e acessórios em preto! Acho que funcionou bem, não deixa de estar arrumado, mas com um “Q” mais despojado!

O sapato já apareceu por aqui, acho que foi uma das melhores aquisições do ano, nas super promoções da Zara. Custava 69 Euros e comprei por 20 Euros! Nada mal para um sapato super atemporal!

Então fica a dica para aqueles dias mais frios! Um casaquinho, jumper, camiseta básica e cardigans têm tudo para fazerem parte de um look simples e interessante, se misturados com um bom jeans e acessórios certos!

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia Tanno

Cintia TannoBlusa/Jumper – Penneys

Jeans – Zara

Sapato/Shoes – Zara

Bolsa/Bag – Penneys

Fotos – Piotr Kadziolka

Phoenix Park

Brogue baratinho

Hoje venho postar uma alternativa para as amadas sapatilhas: BROGUES.

Brogue

Pesquisando um pouquinho antes de fazer este post, fiquei surpresa com a origem do sapato. A palavra Brogue é derivado de blòg que vem do Gaélico (Irlanda) e blóg do Escocês e significa SAPATO.

Esses sapatos de solado baixo, são caracterizados pela fabricação com vários pedaços de couro e as perfurações decorativas que envolvem toda a parte superior e lateral do sapato. Mas essas perfurações não são tão decorativas assim! Lá no comecinho, quando o sapato foi criado na Irlanda e na Escócia, e para quem não sabe, chove muito nestes países, as perfurações do sapato foram feitas para deixar a água escorrer caso você pegasse um mau tempo (90% do ano ha). Interessante não?? Há tanto tempo namoro esses sapatos nas lojas e nunca imaginaria tamanha função para os furinhos hoje meramente decorativos!

No passado, mais conhecido como um sapato masculino, típico das regiões interioranas, hoje faz parte de looks de homens e mulheres, vistos em escritórios e em momentos de lazer, e há muitas temporadas de moda, não sai das vitrines pelo mundo afora.

Há alguns anos atrás, comprei um com salto médio e adoro para usar com meia-calça e vestidos, mas sempre quis um mais tradicional e baixo. Ainda não tive coragem de investir, pois são modelos não tão baratos e com um estilo um pouco diferente. Para experimentar, comprei um baratinho e mais delicado do que o tradicional, na Penneys (e já adianto que adorei) para o Outono que está dando as caras, o desejo do momento é um brogue preto tradicional e uma bota de cano baixo (ankle boot).

Acho bem legal usar ele em contraste com roupas mais delicadas ou investir no look andrógeno total. Hoje usei o meio termo e o brogue veio em um look que facilmente usaria com uma sapatilha mais feminina.

Como estava com calça preta e camiseta cinza de caveira, resolvi quebrar um pouco da pegada rock com um casquinho a la Chanel e bolsa amarela, também para quebrar o look monocromático!

Claro que todas as peças são da ZARA (blá) e o sapato da Penneys!

Brogues

Brogues

_D309274 done

Cintia Tanno

Cintia Tanno blog

Zara

Blog Entre 3 Mundos Cintia Tanno

_D309170 done

Fotos – Piotr Kadziolka

Phoenix Park – Dublin

Look da Japa – Shorts de seda e camisa jeans

Para dar adeus ao nosso verão irlandês, que resistiu bravamente por mais de um mês em 2013, hoje, no último feriado antes do verão acabar, venho postar um dos meus últimos looks encalorados.

Agora o tempo vai começar a ficar tradicionalmente “Irish”…Com lindos dias de sol, chuva, sol, vento e todas as estações do ano em um só dia, por isso digo o último look de verão. Creio que não vai dar mais para sair de casa com aquele super vestido, sem carregar a tiracolo: casaco, cachecol, guarda-chuva… Foi bom enquanto durou, mas também adoro esse clima de Outono, que na minha opinião, deixa a moda super criativa também! As opções de sobreposições são imensas, porque o clima fica ameno, só com aquele ventinho no fim de tarde, mas não muito frio, e podemos brincar mais com as camadas.

Amo de paixão o calor, mas assim como a neve, me deixa mais feliz só em época de férias…Quando não preciso ir trabalhar, andar pela cidade para resolver alguma coisa e ficar suando/congelando durante as obrigações do dia-a-dia.

O look de hoje foi fotografado umas 3 semanas atrás, quando fomos em uma exposição fotográfica de uma ótimo artista polonês! Super recomendo dar uma olhada no trabalho de Marian Schmidt. A exposição “Three Regards” é de tirar o fôlego, com fotografias de viagens e lindos momentos do cotidiano, capturados de uma maneira belíssima e poética! Vou fazer post sobre ele depois, acho que super vale a pena!

Antes de ir para a abertura da exposição, onde claro, tive o prazer de conhecer Scimidt, fomos aproveitar um pouco do sol e calor daquele dia em Docklands. A intenção não era fotografar naquele dia, mas o lugar é tão agradável e o dia estava tão lindo, que apesar da multidão, engoli a timidez e fotografamos ali mesmo!

Lembro que estava muito, muito quente naquele dia, e como a exposição aconteceria no fim da tarde e o tempo irlandês não é muito confiável, levei uma camisa jeans caso ficasse mais friozinho. No fim o calor ficou, mas mesmo assim não quis ir muito encalorada para uma galeria de arte, e aproveitei a camisa que estava na bolsa.

Usar uma terceira peça sempre ajuda a dar aquela up que precisamos na maioria das vezes.

A roupa que estou usando, mais uma vez, um achado das promoções do fim de verão, e claro, nem preciso falar onde encontrei tudo né (ZARA!!), mas desta vez com achados inesperados. Bolsa e chapéu, comprei na seção masculina da loja. Adoro comprar acessórios por lá, principalmente chachecol, acho que tudo é muito unisex e com um toque mais minimalista. Vale a pena uma voltinha por lá quando estiver garipando boas peças na Zara!

_D308462

_D308450

_D308429

_D308477

_D308375

_D308371

_D308355

_D308343

_D308319

_D308315

Estou usando:

Chapéu/Hat – ZARA

Shorts – ZARA

Bolsa/bag – ZARA

Camiseta/T-shirt – Penneys

Sapatilha/Flats – Penneys

Óculos /Sunnies – Vogue

Colar/Necklace – Topshop

Relógio/Watch – CASIO

Fotos – Piotr Kadziolka

MIX B&W

Calça Flare e Yoko Ono

Muita gente ainda tem medo da calça flare ou a boca de sino. Na moda do skinny jeans, a calça flare ficou esquecida, fora das prateleiras das lojas e ainda amedronta a maioria das mulheres por aí.

De preferência de cintura alta, a calça flare valoriza todos os tipos de corpos e dá aquele detalhe que adoramos: emagrece.

Não precisa ter medo de ficar caricata ou com cara de quem pegou a máquina do tempo e acabou de voltar dos anos 70. As calças flares de hoje, não possuem a boca tão larga, mas ainda continuam com a cintura um pouco mais alta, equilibrando assim as proporções do corpo, especialmente para quem está um pouco acima do peso.

Para as baixinhas, esta é uma ótima maneira de dar aquele truque e parecer mais alta. Sempre combinada com o salto, a calça flare ajuda a deixar o corpo mais longilíneo.

A minha favorita é a de cor mais escura, deixando o look sempre mais elegante e te acompanha desde cedo até a balada. Pode ser usada com camisas, camisetas, blazer para dar um ar mais sofisticado e até com um cropped top para quem está podendo mostrar a parte alta da barriga!

Para não ficar muito hippie, faça sobreposições de peças, invista numa sandália de salto mais fino, ao invés da anabela ou use com uma camisa de seda, fugindo um pouco das batas. Fica lindo também com jaquetas mais no estilo Chanel, com camisa jeans, cardigãs ou até com jaqueta de couro, como usei no look de hoje.

Não faz muito tempo que gosto da calça flare. Demorou um pouco para me acostumar, mas depois de ver tantas fotos legais e de experimentar uma que realmente ficasse bem no meu corpo, levou tempo!! Sempre brincava com minha amiga Joice, que não queria uma calça de Wanderléia (aquela da Jovem Guarda), mas no fim, acabei comprando uma!

Nos meus achados de sempre, consegui uma bem baratinha no inverno passado, na promoção da GAP. Quase nunca pago preço inteiro nas roupas que compro. Sei que sou uma Zaraholic, e parece que gasto rios de dinheiro com minhas roupichas, mas compro 99% das minhas coisas só em promoção! E olha que acho coisa boa eim! A única coisa que paguei preço inteiro, foi nesta jaqueta de couro, porque tive medo que ela acabasse mais uma vez (adiei a compra por 2 anos, e ela nunca entrou na promoçao rs) e meti a cara, sem arrependimentos, mas com uma dorzinha no bolso rsrs. A camiseta da Yoko Ono namorei por alguns meses e arremeti na promoção, tipo, uns 5 Euros, o sapato também. E assim vou montando meus looks e matando minhas vontades!

Fazia tempo que queria fotografar a calça, mas como quase nunca uso salto, demorou um pouquinho para fazer o look do dia com ela. Foi bom, porque pode servir de inspiração para quem quer sair no super inverno brasileiro ou para o verão que está dando tchau aqui na Irlanda.

Yoko 5

Yoko 2

Yoko 4 bw

Yoko 7

Yoko 8

YOKO

Yoko 3

Yoko 6 bw

Estou usando:

Calça flare/Flare Jeans – GAP

Camiseta YOKO/ YOKO T-shirt – Zara

Camisa/Shirt – Penneys (Primark)

Jaqueta de couro/Leather Jacket – ZARA

Bolsa/Bag – Penneys (Primark)

Sapato/Shoes – ZARA

Fotos – Piotr Kadziolka

Look da Japa – Legging de couro

Eu sempre tive medo do couro, com a única exceção das jaquetas. Quando pensava em saia ou calças de couro, o medo era sempre o mesmo: ficar muito caracterizada. Parecer motoqueira, vulgar, mulher gato (haha) e por aí vai. Mas tudo é uma questão de hábito e saber misturar peças!

Depois de tanto ver nas revistas de moda calças líndíssimas, a maioria em couro ecológico, e sempre combinadas com blazer, camisas, casacos de inverno e simples camisetas, o medo foi passando e a vontade de ter uma aumentando! Até que, em mais uma ida na…adivinha onde??? (blééé) ZARA, achei uma legging de couro na promoção! Resolvi arriscar e trouxe para casa!

Antes que o verão irlandês chegasse com força, consegui usar um dia a legging e fotografei para o blog. Uma boa idéia para quem está enfrentando as baixas temperaturas do Brasil, ou para quem vai ficar pela Europa até o inverno. A legging é super confortável, e fazendo experimentos no quarto, cheguei a looks bem interessantes com ela. Para temperaturas mais baixas, vale usar com botas de diferentes cores, de preferência as ankle boots (com o cano baixo, na altura do tornozelo) e os mais variados tipos de jumpers e casacos. A legging de couro dá uma diferenciada no jeans nosso de cada dia e um toque a mais na produção antes de sair de casa.

Para balancear o apelo sexy que ela pode dar, é legal usar com peças não muito justas. Camisas mais soltinhas, regatas e blazer boyfriend, cardigans e tudo que for mais larguinho e comprido, ajudam a  balancear o look como um todo!

Como o tempo estava bem agradável no dia que fotografei, usei com camiseta branca básica e flats preto. O batom vermelho veio como um plus a mais na produção simples do branco e preto.

leather leggings

leather leggings

leggings de couro zara

love6 b&w

 

Zara

_D307637

 

Fotos – Piotr Kadziolka

Camiseta/T-shirt – Zara

Legging – Zara

Sapatilha/flats – Penneys

Batom vermelho/red lipstick – Ruby Woo da MAC

 

Look da Japa – Pink Shorts

No comecinho do blog, eu tinha a idéia de postar looks inspiradores (não que o de hoje não seja), mas com produções mais elaboradas e em locações mais elaboradas…mas acho que não funcionou. Afinal, não sou nenhuma Carrie Bradshaw e não consigo ficar no salto 24/7. E também era complicado levar todas as roupas que gostaria de fotografar para algum lugar, e fazer vários photoshoots no mesmo dia…não é muito real! Então, conversando com o namorado, que é meu fotógrafo particular, decidimos que vamos fotografar aqui perto de casa mesmo, as roupas que realmente estou usando no dia para sair, e assim consigo postar com mais frequência, o que não estava acontecendo aqui no blog. Com certeza serão looks mais causais e com muitos flats, sandálias baixas e tênis. Mas nada impede que qualquer dia, saltos e vestidos para a noite, não vão aparecer por aqui!

Hoje o Look du Jour, que foi de ontem mesmo, superou minhas expectativas. Superou porque eu não uso rosa, geralmente não gosto de nada muito rosa e quando vi este shorts na Zara, por um preço mais do que camarada (custava  €29,99 e comprei por  €9,99), resolvi dar uma chance e provar. Não é que gostei! O modelo dele, que quase parece uma saia, é ótimo para os dias extremamente quentes que está fazendo aqui na Irlanda.

Como ontem estava bem quente, mas com um ventinho a mais, desconfiei que no fim da tarde o vento poderia aumentar, e troquei a camiseta que estava usando, por esta camisa Jeans que não é muito grossa e adoro. Aliás, eu que também tinha preconceito com camisas Jeans, em uma semana, comprei duas. Estou numa fase super camisa, vocês vão ver quando postar as outras fotos que fiz durante a semana…Acho que deixa o look mais arrumadinho, especialmente quando você sai de casa e não sabe exatamente para onde vai, então a camisa salva o look, deixando a gente um pouco mais “alinhada” para qualquer ocasião, especialmente no verão. Nesta estação, tudo é muito curto, então gosto de cobrir outras partes do corpo, quando as pernocas estão de fora. Afinal, mostrar tudo que não está 100% em forma no corpitcho é sacanagem para quem está olhando haha.

A sapatilha de zebra deixa tudo mais divertido, apesar do básico preto e branco!

_D308241

like

_D308234

like2

like3

_D308245

Fotos – Piotr Kadziolka

Estou usando:

Camisa Jeans/Jeans Shirt – Penneys (Primark)

Shorts – Zara

Sapatilha/Flats – New Look

Bolsa/Bag – Penneys (Primark)

Óculos/Sunglasses – Donna Karan DKNY

Look do Dia – Inspiração Náutica/Navy

Sair fantasiada de marinheira não é bem o que eu penso sobre looks náuticos, mas deixar-se inspirar pelas cores e listras é um ótimo desafio para começar a trabalhar com esse tipo de look que nunca sai de moda.

As cores branco, azul marinho, vermelho e até o preto, usados em listras ou não, são os principais indicativos de um look navy. Essas cores usadas juntas podem criar diferentes looks, desde o casual até um look super formal com blazer e calça de alfaitaria. Sempre clássico e seguro!

E nada como se inspirar em Coco Chanel, uma das pioneiras na criação de looks com a tendência marinha.

Seguindo essa idéia e aproveitando que aconteceu no último final de semana em Dublin, o Tall Ship Festival, nada melhor do que começar a semana com um look navy inspired, onde brinquei com as cores da tendência marítima num look casual, para os raros dias de verão que aparecem por aqui.

Dress/Vestido – Penneys/Primark

Jacket/Jaqueta – H&M

Shoes/Sapatilha – Zara

Sunglass/Óculos – H&M

Necklace/Colar – Colar de coral que comprei na Jordânia/Necklace that I bought in Jordan

Photos by Piotr Kadziolka

Go out with a sailor costume definitely there is nothing to do with navy looks, but let you get inspired by all the colours and stripes it is a great beginning to start working with the navy trends.

White, blue, red and even black can be used to create different looks, from casual to formal, even as a substitute to the total black, being less predictable and still stylish. A beautiful way to look classic and safe, always!

Coco Chanel was one of the first ones to create navy looks for women, so nothing better to get inspired by her.

Last weekend in Dublin, the  Tall Ship Festival happened, so what a great excuse to start the week inspired by navy looks. This time I just played with all the colours from this trend, and almost without notice I had a casual summer look for the rare sunny days in Dublin