Duas opções de bases para pele oleosa

Não me lembro quando foi a última vez que saí de casa sem maquiagem. Desde muito nova sofro com acne ,consequentemente manchinhas e tom avermelhado na pele que me incomoda muito. Então, desde a adolescência uso e abuso de maquiagens para disfarçar as imperfeições que que irritam tanto…Hoje, já com o problema sob controle, ainda não consigo sair de cara lavada, e com o passar dos anos fui dando mais importância para a qualidade do que coloco na minha pele todos os dias.

Como aqui na Irlanda, o acesso a médicos é um pouco mais difícil. Eu digo mais difícil por não confiar tanto nos médicos daqui, e para passar em um dermatologista, primeiro você precisa ir num clínico geral, e depois ser encaminhado para algo mais específico e blá, blá, bl[a…até lá já me cansei e já passei em lojas de cosméticos para tentar resolver meus neuróticos problemas de pele. e convenhamos, aqui os produtos dermocosméticos são bem mais acessíveis em relação ao preço do que no Brasil.

Quando tive o pior surto de espinhas por aqui, e não conseguia controlar de jeito nenhum, decidi procurar uma base melhor que ajudasse a tratar a pele e que tivesse uma boa cobertura contra as manchas. Parei de usar produtos baratinhos e investi um pouco mais em bases inteligentes e tudo que melhorasse a oleosidade da pele.

A primeira base que testei e amei, foi a Anti-Blemish Solutions da Clinique. Usei por mais de 2 anos a cor 4 e o único problema dela é que não tem proteção solar. Mas ela é uma base bem leve e fluída, e além de cobrir bem as imperfeições, ainda trata os problemas de pele. Eu adoro esta base, mas como a idade vai chegando e o uso de protetor solar é importantíssimo, resolvi procurar outra base que oferecesse além do tratamento, proteção alta.

Anti-Blemish-Solutions-Liquid-Makeup

Por causa da oleosidade da minha pele, eu nunca consegui aplicar protetor solar pela manhã e depois a base. Por mais que os protetores fossem sem óleo, matificantes e especiais para pele com acne…Sempre sentia a pele muito pesada e em algumas horas muito oleosa. Foi quando decidi testar a Dermablend da Vichy.

vichy-dermablend-15-opal-fondo-de-maquillaje-corrector-30ml

Ela é um pouco mais densa do que a da Clinique, mas ao mesmo tempo sequinha e com proteção solar fator 30. Ela rende muito mais, exatamente por ser mais densa, então bastam algumas gotinhas da base para cobrir o rosto. A base dura bem por mais de 8 horas sem retoque e ganhou meu coração.

Existem 5 cores e a minha é a 25 Nude. Como ela precisa ser aplicada com mais carinho e paciência para ficar bem uniforme, aposentei os dedinhos e estou usando um pincel para pele da Real Techniques, o Expert Face Brush. Ele é ótimo para dar uma maior cobertura.

Real-Techniques-Expert-Face-Brush-Front-View1-1024x682

Para finalizar a pele e segurar mais a oleosidade, principalmente no verão, eu uso o Blot Powder da MAC, que apesar de ser vendido em várias tonalidades, é translúcido e segura muito bem a oleosidade se aplicado na região T do rosto.

Eu li em alguns lugares que a Dermablend parou de ser comercializada no Brasil e foi substituída pela Normaderm Teint. Já experimentei a Normaderm e achei bem diferente, com a cobertura bem mais fraca e com menor proteção solar.

A Anti Blemish da Clinique custa 32 Euros aqui em Dublin e a Dermablend d Vichy 22 Euros. Acho os preços ótimos e super recomendo para quem está procurando bases que deixem o rosto mais sequinho por mais tempo, e sem perder o viço da pele.

Anúncios

“Girly Day” – Dia das Meninas

Todo fim de semana, por mais que eu planeje ficar em casa para não acabar cedendo a tentação das compras e gastando com o que não deveria, o plano nunca da certo e acabo dando umas voltinhas por aí.

Mas esse fim de semana a tática foi outra…passear no lado “posh” da cidade. A Joice, minha amiga, me chamou para dar uma volta no lado Sul de Dublin e lá fomos nós bater perna na Grafton Street, mas a andança não durou muito!

Foi só avistar a loja da M.A.C lotada de gente, com umas mulheres super produzidas e lá fomos nós nos aventurar dentro da Brown Thomas. Digo se aventurar, porque cada dia que entro naquela loja é uma festa, tanto por causa dos preços exorbitantes das grandes marcas ou por super desejar vários cosméticos e bolsas da Donna Karan. Mas dessa vez foi especial, demos sorte de um sábado cheio de eventos e vendedoras com muita boa vontade!

A Brown Thomas foi aberta por Hugh Brown em 1848 e no ano seguinte, com a parceria de James Thomas eles começaram a expandir a loja, que na época passou a ocupar os números 15, 16 e 17 da Grafton Street. Depois de muitas mudanças, diferentes donos e compras de ações por diferentes companhias por gerações e gerações, hoje a Brown Thomas é parte da Wittington Investment Group, uma companhia mundial especializada em vendas. Também parte deste groupo está a Selfridges do Reino Unido, Holt Renfrew do Canadá e Bijenkorf da Holanda. Atualmente a Brown Thomas está localizada ainda na Grafton Street, mas nos números 88-95, com uma loja de 12,000 m2 .

A loja, para poder fazer um comparativo, seria algo como a Daslu irlandesa, melhorada! Uma loja de departamentos luxuosa  com Boutiques como Hermès, Louis Vuitton, Christian Dior, Gucci, Armani Cosmetics, Jo Malone, Molton Brown. Boutiques femininas como Chanel,Valentino, Versace, Jimmy Choo, Dolce & Gabbana. Também há na loja um espaço da tão conceituada estilista de noivas Vera Wang. Além de joalherias como Tiffany & Co e Cartier. É de morrer de ódio, mas o que mais adoro por aqui, é poder ter acesso a todas essas lojas normalmente, como se estivesse entrando na C&A.

Além de roupas, sapatos e acessórios, a loja é um ótimo lugar para se acabar nos cosméticos, e por causa deles que acabei entrando na Brown Thomas no último sábado.

Depois de um bom tempo nos acabando na M.A.C, experimentando batons, iluminadores e rindo horrores…Fomos passando pela Clinique, Clarins (onde ganhamos um bolinho delicioso, cortesia da casa) até chegar na loja de Alexander McQueen e morrer de amores por todas as bolsas que lá estavam. No segundo andar da loja admiramos todos os Louboutins que mais pareciam obras de arte expostas em um museu, passamos por todas as araras das grandes marcas e nos deparamos com um desfile da Max Mara, e foi lá que nos sentimos RICAS! haha. Desfile intimista, com direito a Champagne e tudo!

Um dia perfeito para meninas que adoram moda e que por mais que você não possa comprar uma roupa de grife, sempre vale visitas como essas para ficar ligado nas tendências  e procurar tudo parecido mais tarde nas redes de Fast Fashion por aí!

E vale a pena falar da decoração delicada com várias Torres Eiffel distribuída por toda a loja. Uma celebração da Brown Thomas pelo estilo, beleza e moda francesa. O dia das mães que aqui é celebrado no dia 18 de Março também ganhou um toque francês na loja!

E para finalizar o dia com grande estilo, um super almoço-jantar no Wagamama e gelato italiano do Gino’s de sobremesa! Adorei meninas!

 

* Desculpa pelas fotos de baixa qualidade tiradas com o Blackberry

Brown Thomas Dublin, 88-95 Grafton Street, Dublin 2, Ireland

T. +353 (0)1 605 6666

F. +353 (0)1 605 6750